Comunismo

O comunismo é um sistema político que defende o fim do Estado, a propriedade coletiva dos meios de produção, a abolição da propriedade privada e o fim das classes sociais. No Brasil, teve seu marco com a fundação do Partido Comunista do Brasil (PCB), em 1922 e foi de grande influência para o surgimento de outras organizações de esquerda. O comunismo foi usado como justificativa para a implantação do golpe empresarial-militar de 1964. A fim de acabar com o “perigo comunista” e implantar a “revolução democrática”, por meio do IPES e dos meios de comunicação hegemônicos, os ideais anticomunistas foram propagados, a fim de trazer maior apoio popular para as ações do governo golpista.
As ditaduras militares de diversos países da América Latina tiveram grande financiamento dos Estados Unidos e das grandes corporações internacionais e no Brasil não foi diferente. O governo estadunidense financiou e apoiou os regimes ditatoriais com a desculpa de conter o avanço comunista em prol do desenvolvimento capitalista e a reorganização econômica dos países latino-americanos de acordo com os ideais imperialistas.

Autora: Marcia Barbosa, graduanda em Ciências Sociais pela Universidade Federal Fluminense e integrante da Linha de Pesquisa “Cinema e Ditadura em Plataforma Virtual”, ligado ao grupo de pesquisa certificado pelo CNPq: “Subjetividade, Memória e Violência do Estado”. Bolsista de Desenvolvimento Acadêmico da UFF.

Filmes que dialogam com esta temática:

O Que É Isso, Companheiro? – Bruno Barreto (Drama, Brasil, 1997)

Posted in Glossario.